sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

[Filme] Resenha - A Menina que roubava livros.





Tudo começa em um trem, durante a Segunda Guerra Mundial. Liesel desde cedo aprendeu a conviver com a dor; Seu irmão morreu e sua mãe partiu deixando-a aos cuidados de um família alemã, que, durante os tempos de guerra era a melhor escolha. 
 A garota encontra nos seus novos pais apoio, amor e segurança. Hans, sempre satisfazendo seus desejos e Rosa escondendo o seu amor por Liesel atrás de uma carranca. 
 Ao ir para escola ela encontra problemas, já que não sabe ler e muito menos escrever. Hans, muito paciente ensina a filha a ler e faz com que ela encontre nas palavras sentido para a vida. 
 Durante uma noite ouve-se um estrondo na porta, era Max. Hans prometeu ao pai de Max que faria tudo para proteger sua família, que corria risco visto que eram Judeus. Max se abrigado clandestinamente na casa e logo ocupa um lugar no coração da pequena Liesel. 
 Mas nada dura para sempre e Max não poderia se esconder pelo resto de sua vida, deixando em risco a vida da familia de Hans, portante decide partir. 
 Liesel busca refúgio nos livros que rouba da casa de um rico nazista da cidade. Quer saber mais? Leia a resenha abaixo e veja o filme!

--

No inicio fiquei completamente confuso, afinal eu não li o livro e pelos comentários e críticas esperava por um filme digno de um Oscar. Não que o filme tenha sido ruim, jamais! Porém deixou a desejar -preciso aprender a não criar tanta expectativa.

O filme é realmente apaixonante, a forma com que Liesel supera a todas as perdas. A narração da morte. A forma com que a história se desenrola é realmente surpreendente. 

Sempre fui fascinado por filmes com o cenário da segunda guerra porém este não me chamou tanto a atenção, talvez por a guerra não ter sido retratada efetivamente.

Uma das minhas partes preferidas e com qual eu me identifiquei foi quando Liesel entrou na biblioteca do nazista para qual sua mãe prestava serviço de lavanderia. Eu compreendi o que ela sentia; É o mesmo sentimento de estar entrando em uma livraria, como se todos os livros te atraíssem. 

Confesso que fiquei aos prantos em algumas partes, principalmente quando Hans foi chamado para a guerra e estava embarcando no trem. Liesel olha para ele e diz "Papi, come back". Isso me cortou o coração.

Por mais triste que o final tenha sido eu achei ele digníssimo, não mudaria NADA! 


 Então, já viram o filme ou o livro? Deixem a sua opinião nos comentários

Para quem não viu e quer ver clique aqui. Vá em filmes > Lançamentos > A menina que roubava livros. Bom Filme :)

5 comentários:

  1. Igor :))

    No outro dia eu vi a postagem e nem comentei ~sou um péssimo blogueiro~ hahah
    Enfim, curti a sua resenha! Só acho que tu deverias ler o livro, é muuuuito bom mesmo, a narração da morte é sensacional :}
    Tô bem ansioso pelo filme, já vou reservar os lenços pelo jeito hahahaha x)

    Até mais, Diego

    http://aculpaedovisconde.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diego!
      Eu vou ler o livro sim, está entre os 05 próximos livros que vou ler!
      O filme é ótimo e espero que o livro também seja.

      Obrigado pela visita!

      Excluir
  2. Me interessei a ler, só faltam o livro!!!!!! haahahaha (: Hey , Igor, cê tá postando pouco nesse blog! Coloque o cérebro para funcionar ae né !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luuuh! Puxão de orelha em público! SDIHSDOIHDSF

      Pretendo comprar o livro qualquer coisa eu te empresto u.u
      Mas caso não seja problema pra vc veja o filme antes! eu super recomendo.

      Obrigadinho

      Excluir